Dicas que salvam vida e patrimônio

Em março de 2006, um crime abalou os moradores do bairro do Campo Belo, em São Paulo. Gerson Mendonça de Freitas Filho, de 50 anos, dirigia seu veículo Astra, quando foi rendido por marginais,que provavelmente iriam realizar o famigerado sequestro relâmpago. Uma pessoa viu a...

234

Em março de 2006, um crime abalou os moradores do bairro do Campo Belo, em São Paulo.
Gerson Mendonça de Freitas Filho, de 50 anos, dirigia seu veículo Astra, quando foi rendido por marginais,que provavelmente iriam realizar o famigerado sequestro relâmpago. Uma pessoa viu a abordagem e avisou a polícia pelo fone 190 e logo se iniciou perseguição em alta velocidade. Houve troca de tiros e os veículos acabaram envolvidos em um grande acidente. Lamentavelmente, a vítima foi morta por disparo de arma de fogo.

financeira14A prática do sequestro relâmpago cresce assustadoramente em todo Brasil, e o alvo são as pessoas que insistem em carregar número elevado de cartões magnéticos. Diversos programas importantes de televisão têm requisitado minha participação, para orientar a população sobre como se defender. Desta forma, preparei para o leitor um roteiro de medidas preventivas, que devem ser colocadas em prática por toda a família:

1. Peça ao gerente de sua agência bancária para inibir o saldo de suas aplicações financeiras e limite do cheque especial, do extrato emitido pelo caixa 24h.
2. Crie o hábito de carregar apenas um cartão de banco na carteira e decore a senha.
3. Evite sacar dinheiro em caixas eletrônicos, principalmente à noite, pois dificilmente você terá condições de saber se alguém está à espreita.
4. Portar diversos cartões de crédito pode colocar em risco sua vida e patrimônio. Carregue apenas um e não esqueça de cadastrar sua senha. Entrevistei vítimas, que quase foram mortas, pois não souberam informar aos marginais as senhas de seus cartões de crédito durante o seqüestro relâmpago, mesmo porque, nem sabiam que cartão de crédito possui senha.
5. Procure manter na carteira dinheiro suficiente para pagar pequenas contas. Lembre-se que o uso excessivo de cartões, aumenta a possibilidade de clonagem.
6. Não carregue o talão de cheques com você, leve somente duas ou três folhas cruzadas.
7. Jamais permaneça dentro ou ao lado de veículo estacionado na rua. Se estiver esperando alguém, tranque o automóvel, atravesse a rua e aguarde a chegada de seu amigo ou parente em segurança.
8. Os bandidos procuram vítimas desatentas, assim não terão dificuldades na ação criminosa.

Atenção é a grande arma que possuímos para evitarmos ser vítima da criminalidade e não entrarmos para a estatística fria da polícia.


Dê sua opinião