A impaciência pode revelar algo que não estamos enxergando ou admitindo

O carro de uma senhora apresentou problema mecânico em meio a um movimentado cruzamento e apagou. Isso é um pesadelo para qualquer pessoa, mas ela manteve a serenidade. Pisou algumas vezes no acelerador na tentava de dar na partida, mas não estava tendo sucesso. Um...

289

O carro de uma senhora apresentou problema mecânico em meio a um movimentado cruzamento e apagou. Isso é um pesadelo para qualquer pessoa, mas ela manteve a serenidade. Pisou algumas vezes no acelerador na tentava de dar na partida, mas não estava tendo sucesso.

Um irrequieto motorista, que, lamentavelmente, estava bem atrás, começou a buzinar impiedosamente, como se estivesse gritando com todas as suas forças. Depois de algum tempo de incessante e irritante buzina, a mulher saiu do carro, caminhou até o homem, e, educadamente, disse:

“Senhor, acho que deve ter percebido que estou tendo dificuldades em religar meu carro, cujo motor apagou. Se puder fazer a gentileza de ajudar, eu ficarei muito feliz em me sentar aqui no seu lugar e buzinar para você”.

O motorista pediu desculpas, desceu do carro e empurrou o auto da mulher até uma vaga próxima. Ao fundo, reflexo do enorme congestionamento, era possível ouvir buzinaço gigantesco.

Qual mensagem o leitor tirou desta singela estorinha?

Provavelmente, destacou o evento paciência, que é uma das maiores virtudes que o ser humano pode ter e que tem como base o autocontrole emocional, ou seja, é a capacidade de se suportar situações desagradáveis e incômodas provocadas por terceiros sem a perda da calma e da concentração. ¨

A paciência é, principalmente, baseada na tolerância com os erros alheios ou diante situações e fatos indesejados.

A perda da calma ou a irritabilidade, pode ser sinal de se estar vivenciando crise de estresse.

Por isso, quando se irritar com alguém no cotidiano, volte atenção para você mesmo, pois o problema pode não estar no outro.


Dê sua opinião