CELULARES ROUBADOS/SP – CONHEÇA AS RUAS E HORÁRIOS MAIS PERIGOSOS E APRENDA A RASTREAR SMARTPHONE SUBTRAÍDO.

  Se tivermos como base de cálculo os boletins de ocorrência registrados em 2017, podemos dizer que a cada meia hora 5 smartphones são subtraídos em São Paulo. No entanto, temos que considerar que muitas vítimas não registram queixa, pois entendem que a recuperação do...

918

 

Se tivermos como base de cálculo os boletins de ocorrência registrados em 2017, podemos dizer que a cada meia hora 5 smartphones são subtraídos em São Paulo.

No entanto, temos que considerar que muitas vítimas não registram queixa, pois entendem que a recuperação do bem será difícil. Portanto, a cada trinta minutos o número de furtos e roubos pode chegar a 10.

É um problema realmente astronômico! Estatísticas policiais mostram que em 2016 cerca de 1 milhão de aparelhos celulares foram subtraídos no Brasil.

Antigamente, o bandido se aproximava da vítima e logo ia dizendo: “Passa o relógio”.

Depois a retórica mudou: “É um assalto, passa a carteira”.

Com o advento dos smartphones, que chegam a custar de mil a cinco mil reais, o foco dos bandidos agora é esse: “Quero seu celular. Se reagir morre”.

Mas por que o smartphone passou a ser objeto de desejo dos bandidos?

Muitos fatores contribuíram para isso, tais como:

  • Facilidade na revenda tanto no mercado legal como no ilegal;
  • Facilidade na troca por drogas;
  • Necessidade do celular como meio de comunicação para a prática delituosa;
  • Uso no interior de presídios.

Conheça as ruas com maior índice de assaltos a portadores de celulares na cidade de São Paulo:

  1. Avenida Sapopemba;
  2. Rua Augusta;
  3. Avenida Aricanduva;
  4. Avenida do Estado;
  5. Avenida Cantídio Sampaio.

Veja quais são os piores horários:

  1. Noite 45%
  2. Manhã 21%
  3. Tarde 18%
  4. Madrugada 16%

E se meu celular for subtraído, como posso tentar recuperá-lo?

Tenho uma boa notícia para o leitor. A possibilidade de reaver o smartphone roubado é grande, basta procurar equipamento com internet e ativar a tecnologia do rastreamento via satélite.

Se o celular roubado for android, é só acessar http://www.google.com/android/devicemanager. Esse site mostra a localização mais recente do seu smartphone, isso se o marginal não o tiver desligado.

O iPhone tem recurso parecido, que pode ser acessado através do link https://www.icloud.com/#find .

As vítimas podem entrar em contato com a Polícia Militar, através do fone 190 e passar a localização do celular; a possibilidade de prisão e recuperação do bem será grande.

JORGE LORDELLO

 


Dê sua opinião