Como utilizar um problema ou dificuldade para nos impulsionar?

No futebol americano há um momento em que o jogador tem que dar um chute na bola. Na década passada, no circuito universitário dos EUA, um estudante era o recordista do chute. Ninguém chutava tão forte quanto ele. O inusitado nessa história, era que o pé...

376

No futebol americano há um momento em que o jogador tem que dar um chute na bola.

Na década passada, no circuito universitário dos EUA, um estudante era o recordista do chute. Ninguém chutava tão forte quanto ele. O inusitado nessa história, era que o pé que ele utilizava para realizar tal façanha não tinha nenhum dos dedos! Quando descobriram, fizeram inúmeras entrevistas com ele, e a primeira pergunta era sempre do tipo:

“Como é que tendo tal deficiência consegues fazer uma coisa que ninguém mais consegue?”

E ele, orgulhosamente, respondia:

“Cresci ouvindo meu pai a dizer: encara as tuas deficiências e teus problemas como desafios, nunca como desculpas!”.

Amigo leitor, esse relato é verídico e é uma mensagem poderosa.

Quando estudei neolinguística, aprendi que um dos segredos para manter a mente sadia e focada em coisas positivas, é aprender a controlar os pensamentos, pois todo pensamento gera imediatamente um sentimento que vai gerar um comportamento.

Imagine uma pessoa que passa o dia inteiro pensando em suas dificuldades ou problemas!

O que vai acontecer com sua mente depois de alguns dias?

Provavelmente, estará enraizada de forma negativa; e posso garantir que as dificuldades irão parecer ainda maiores. O segredo é mudar o foco do pensamento e se concentrar em “soluções”.

Assim, a mente será direcionada a encontrar respostas e, naturalmente, o sentimento de tranquilidade e equilíbrio vai se instalar na estrutura emocional.

Portanto, fica a dica, concentre-se naquilo que você quer e não no que não quer para a sua vida.


Dê sua opinião