Condomínios; Lordello ensina como evitar invasão ao apartamento mediante arrombamento ou outros golpes

São inúmeros na cidade de São Paulo e região do ABC os casos de arrombamentos de apartamentos. O morador descobre a invasão quando retorna ao lar. Normalmente, a porta de sua unidade foi aberta de forma violenta. O mais curioso, é que ninguém imagina como...

455

São inúmeros na cidade de São Paulo e região do ABC os casos de arrombamentos de apartamentos. O morador descobre a invasão quando retorna ao lar. Normalmente, a porta de sua unidade foi aberta de forma violenta. O mais curioso, é que ninguém imagina como o “arrombador” entrou no edifício. Pode ser alguém de dentro ou que teve autorização para ingressar no condomínio.

No final do mês de maio/2018 tive contato com um morador de prédio de classe média no bairro de Perdizes/SP, que foi vítima desse tipo de crime  O desfecho do caso poderia ter sido trágico, conforme o relato que passo a transcrever:

“A gente nunca acredita que vão entrar bem no nosso prédio, mas infelizmente o pior aconteceu. Um jovem bem aparentado conseguiu, de alguma forma, entrar no prédio. Ele se dirigiu ao meu andar e começou a arrombar a porta de minha unidade utilizando de chave de fenda grande. Provavelmente sabia que eu não estava em casa. Como o marginal excedeu no barulho, um vizinho ouviu e ligou para a guarita. O porteiro avisou o zelador, que resolveu ver o que estava acontecendo. Chegando no andar, deu de cara com o bandido, que estava em posse de uma ferramenta avantajada. O zelador relatou que foi ameaçado com a chave de fenda e fugiu pela escada de incêndio. Ao chegar na portaria acionou a polícia pelo fone 190 e passou a monitorar as imagens do circuito de câmeras de segurança. O marginal conseguiu fugir pelos fundos do prédio pulando o muro e entrando em outro edifício, por onde conseguiu evadir-se pela portaria”.

Após esse relato, fiz a seguinte indagação à vítima:

“Como o arrombador conseguiu entrar no prédio? O porteiro não viu?”

A vítima esclareceu:

“É um verdadeiro mistério, pois o síndico liberou as imagens do circuito de câmeras e em nenhum momento ele passou pela entrada de pedestres”.

Resolvi replicar:

“E pela entrada de autos, você chegou a analisar as imagens do CFTV?”

A vítima disse que a única câmera instalada no local está mal posicionada, portanto não foi possível verificar se o criminoso conseguiu penetrar a pé pela entrada de carros durante abertura do portão.

A conclusão é que será difícil descobrir por onde o bandido conseguiu entrar no edifício. A vítima tem certeza que o marginal tinha informação privilegiada que seu apartamento estava sem ninguém na hora do crime.

Uma coisa é certa, moradores de condomínios devem ter ciência que, geralmente, as portas de entrada dos apartamentos são frágeis, com fechaduras simples, que podem ser facilmente arrombadas ou abertas com o uso da chamada chave “micha”, muito utilizada por chaveiros e por marginais.

Portanto, vou passar rol de dicas de segurança para que o condômino tenha mais tranquilidade e minimize riscos de invasão:

  1. a) Instalaçao de porta residencial blindada;
  2. b) Instalação de porta reforçada antiarrombamento;
  3. c) Instalação de fechadura com maior nível de segurança contra arrombamentos;
  4. d) Instalação de vídeo porteiro para que possa ver e falar com quem toca a campainha do apartamento sem precisar abrir a porta;
  5. e) Instalação de fechadura que possua chave incopiavel, ou seja, que não possa ser reproduzida com facilidade em qualquer chaveiro;
  6. f) Instalação de fechadura eletrônica com leitor biométrico e com disparo de alarme caso seja arrombada;

 

  1. g) Instalação de olho mágico para que o morador possa ter visão do hall do andar em que reside;
  2. h) Instalação de câmera de segurança para capturar imagens do hall do andar do morador, pois funciona como elemento dissuador;
  3. i) Instalação de alarme residencial para ser ligado quando os moradores não estiverem no apartamento. Detecta a intrusão de criminoso pela porta da frente e da sacada da unidade;
  4. j) Toda vez que mudar de apartamento, substituia imediatamente o miolo da fechadura das portas de entrada, pois alguém no prédio pode ter cópia;

DICAS DE SEGURANÇA COMPLEMENTARES

1) Mantenha a porta do apartamento sempre trancada em qualquer situação. Pesquisas revelam que muitos moradores mantém apenas encostada quando saem para realizar compras pelo bairro;

2) As crianças devem ser orientadas a não abrir a porta para ninguém. Devem avisar adulto para verificar quem deseja entrar;

3) Não atenda a campainha do apartamento, mesmo se a pessoa for conhecida, pois alguém do prédio pode estar sendo feito refém;

4) Se observar que água está entrando por debaixo da porta do apartamento, não tente verificar abrindo-a, pois pode ser estratégia de marginais para ingressar em sua moradia. Entre em contato com a portaria e solicite auxílio;

5) Se a porta do apartamento for oca, aconselho substitur o mais rápido possível;

6) Portas devem ter dobradiças resistentes;

7) Instale ferrolho na porta de entrada, é uma proteção a mais quando a família estiver dentro de casa;

8) As dobradiças devem ficar do lado de dentro da porta. Se a dobradiça da porta de sua casa está exposta, contrate marceneiro para adaptar internas e não aparentes;

9) Não adianta ter uma porta robusta e um batente frágil. Arrombadores conseguem romper facilmente um batente de baixa qualidade. O leitor deve compreender que a maioria dos batentes são apenas pregados na parede. Bandido usando pé de cabra ou mesmo um pontapé pode facilmente separar o batente da parede. Contrate profissional habilitado para fixar os batentes na parede usando vários parafusos de 7 cm ao longo do material, certificando-se que eles cheguem na parede;

10) Não deixe as chaves do apartamento escondidas debaixo de tapetes ou em vasos com plantas.


Dê sua opinião