Diga-me com quem andas que te direi como tu estás

O mestre falava sobre a valorização do amor e da importância de se pagar sempre o mal com o bem! Um dos discípulos, refletindo a respeito, concluiu que na prática deveria ser muito difícil agir dessa forma tão nobre. Uma semana depois escutou um homem,...

213

O mestre falava sobre a valorização do amor e da importância de se pagar sempre o mal com o bem! Um dos discípulos, refletindo a respeito, concluiu que na prática deveria ser muito difícil agir dessa forma tão nobre.

Uma semana depois escutou um homem, nervoso, gritando com o mestre, que já era idoso; tinha mais de 80 anos. O homem o insultava com palavras torpes e humilhantes. Não era possível ouvir a voz do mestre, apenas os gritos do agressor.

O mestre permaneceu em silêncio, com a expressão facial tranquila como se nem ali estivesse. Em dado momento, o homem, enraivecido, deixou o templo. O discípulo, então, fez a seguinte pergunta:

“Mestre, por que o senhor não disse nada?”

O monge respondeu com uma pergunta:

“Meu filho, se você resolve me oferecer um presente e eu não o recebo, com quem o presente ficará?”

O jovem respondeu baixinho:

“Comigo, mestre. Mas o que tem isso a ver com os insultos?”

“Aquele homem trouxe-me de presente vários insultos que eu não recebi. Assim, ele continuou com os insultos que trouxe”.

O jovem sorriu, abraçou o mestre, que continuou:

“Meu filho, deixe sempre com os outros os presentes ruins;  eles só servem para acabar com nossa tranquilidade. Sentimentos como inveja, raiva, rancor não devem habitar por nenhum instante o nosso ser, o nosso coração”.

O amigo leitor percebeu a mensagem desta singela estorinha?

Uma das coisas mais importantes na vida é manter o equilíbrio emocional para se ter paz e tranquilidade. Isso requer a adoção de algumas estratégias. Uma delas, é não permitir a incorporação de energias negativas no cotidiano, tais como as de pessoas que não estão bem e querem dividir suas insatisfações com os outros.

Portanto, escolha bem suas companhias e amigos e procure estar perto de quem lhe agrega bons conhecimentos e sentimentos nobres e afetivos.


Dê sua opinião