LORDELLO OFERTA DICAS DE COMO AUMENTAR POSSIBILIDADE DE RECUPERAÇÃO DE VEÍCULO SUBTRAÍDO.

As estatísticas policiais demonstram que a probabilidade de recuperação de um veículo furtado ou roubado é maior nas primeiras horas após a ocorrência do fato. A boa notícia vem da Polícia Rodoviária Federal, que desde out/2017 criou ferramenta para auxiliar na localização de carros subtraídos....

531

As estatísticas policiais demonstram que a probabilidade de recuperação de um veículo furtado ou roubado é maior nas primeiras horas após a ocorrência do fato.

A boa notícia vem da Polícia Rodoviária Federal, que desde out/2017 criou ferramenta para auxiliar na localização de carros subtraídos.

O sistema chama-se “ Sinal ” e funciona da seguinte forma: vítimas de veículos levados por bandidos devem rapidamente entrar no site da PRF através do link https://www.prf.gov.br/sinal e cadastrar o fato criminoso. Em seguida, o sistema emitirá um alerta para policiais das bases da Polícia Rodoviária Federal em um raio de 100 quilômetros. Com isso, a probabilidade da polícia encontrar o auto subtraído aumenta consideravelmente, principalmente se os bandidos que levaram seu carro ou moto ingressarem em rodovia federal.

É importante salientar, que a inclusão do registro no sistema Sinal da PRF não substitui a necessidade de fazer boletim de ocorrência na delegacia mais próxima do local do delito.

Outra dica de segurança importante, que não poderia deixar de mencionar, é quanto ao fato de que muitos proprietários não decoram a placa de seus veículos. Muitas vezes, os documentos estão no veículo subtraído e esse desconhecimento impede o registro imediato no sistema Sinal da PRF. Ao telefonar para o 190 da Polícia Militar visando noticiar assalto, muitas vítimas não têm como fornecer de imediato a placa do bem; com isso, o trabalho da PM é dificultado e proporciona vantagem à bandidagem.

Aproveito o ensejo para alertar que antes de ligar para o 190, é de suma importância saber qual o bairro, nome da rua e numeral em que ocorreu o crime, além da direção tomada pelos marginais (sentido centro bairro ou bairro centro) que subtraíram o veículo. Essas informações são de grande valia porque serão repassadas pelo policial atendente do 190 para as viaturas que estiverem nas proximidades.

Imagine vítima que foi assaltada e teve veículo Pálio de cor branca subtraído. Ao ligar rapidamente para a Polícia Militar, diz que teve o carro levado mas não sabe informar a placa e nem o nome do bairro onde se encontra.

Nessas condições, o policial atendente do 190 não tem dados suficientes para promover acionamento eficaz, diminuindo assim a possibilidade de prisão dos marginais e recuperação do carro roubado.

 

JORGE LORDELLO

 


Dê sua opinião