O QUE É CERTO E ERRADO AO EDUCAR UM FILHO?

Será que é tão complexo assim educar um filho? A resposta depende de algumas variantes! A concepção do filho foi programada conscientemente ou aconteceu por acaso? O casal se preparou, sob todos os aspectos, principalmente quanto ao emocional, para receber o novo integrante da família?...

594

Será que é tão complexo assim educar um filho?

A resposta depende de algumas variantes!

A concepção do filho foi programada conscientemente ou aconteceu por acaso?

O casal se preparou, sob todos os aspectos, principalmente quanto ao emocional, para receber o novo integrante da família?

Os pais buscaram algum tipo de informação sobre as formas, métodos e maneiras de educar a criança nas 3 fases de desenvolvimento? Que são:

a) Primeira infância: 0 aos 6 anos.

b) Segunda infância: 7 aos 12 anos.

c) Socialização: 13 aos 21 anos.

O pai e a mãe criaram estratégia em comum para lidar com a criança ou cada um age da sua maneira, sem se importar com as atitudes do outro?

Algumas famílias se preocupam com o que fazer com o filho para que seja uma pessoa educada, comportada, interessada nos estudos, que crie objetivos saudáveis na vida e, sobretudo, que não se envolva com drogas.

Por outro lado, que tal tomar ciência das atitudes que não devemos ter com os baixinhos, conforme orientação da psicologia moderna:

1 – Pai que dá ao filho tudo que ele pede:
A criança crescerá pensando que tem direito a tudo que desejar.

2 – Pai que ri quando o filho fala palavrões:
A criança crescerá pensando que o desrespeito é  normal e engraçado.

3 – Pai que não repreende por mal comportamento:
A criança crescerá pensando que não existem regras na sociedade.

4 – Pai que limpa a bagunça do filho:
A criança crescerá pensando que os outros podem assumir suas responsabilidades.

5 – Pais que deixam de assistir TV porque o filho grita quando tiram do desenho:
Crescerá pensando que não há diferenças entre adulto e criança.

6 – Pais que deixam os filhos ouvirem músicas que vulgarizam  a mulher, estimulem sexo sem compromisso e a violência com o diferente.

Não é preciso explicar o que vai acontecer num futuro próximo com filhos que têm esse tipo de criação.

7 – Pais que dão aos filhos dinheiro à vontade:
Crescerão pensando que dinheiro é  fácil e não hesitarão em pegar quando não conseguirem.

8 – Pais que se colocam sempre a favor do filho, independente de estar certo ou errado:
Crescerá acreditando que os outros o perseguem quando for contrariado.

Pais devem tomar atitudes positivas com os filhos e agirem sempre em conjunto, com uniformidade de desígnios. Vamos a algumas dicas:

  1. Puna seu filho quando ele fizer algo errado;
  2. Estabeleça limites claros, ou seja, o que o filho pode e o que não pode fazer;
  3. Mantenha seu posicionamento, evite ceder;
  4. Não seja um mero serviçal de seu filho. Ele não é príncipe e nem rei!;
  5. Seja pai e não amigo demais;
  6. Não compre tudo que seu filho desejar; você sabe que a vida adulta não é assim. Querer não é poder!;
  7. Crie ambiente para que seu filho desabafe com você e não com outras pessoas, principalmente com desconhecidos na internet.

Uma coisa é certa, quanto mais informações sobre educação familiar os pais obtiverem, mais ferramentas terão para educar conscientemente os filhos.

JORGE LORDELLO


Dê sua opinião