ROUBARAM MINHA MOTO! QUEM ME AJUDA?

Recebi a seguinte notícia de um grupo no WhatsApp: Um rapaz dirigindo uma moto cara foi abordado por 4 ladrões que estavam em duas motos. Rapidamente subtraíram a motocicleta e fugiram em desabalada carreira. As motos dos bandidos estavam com as placas levantadas. A vítima...

638

Recebi a seguinte notícia de um grupo no WhatsApp:

Um rapaz dirigindo uma moto cara foi abordado por 4 ladrões que estavam em duas motos. Rapidamente subtraíram a motocicleta e fugiram em desabalada carreira. As motos dos bandidos estavam com as placas levantadas. A vítima ficou atordoada e começou a andar pela rua escura a procura de alguém que pudesse emprestar um celular. Dirigindo uma moto, uma alma solidária surgiu e disse:

“ Olha eu presenciei de longe você ser assaltado. Se sua moto tiver rastreador, você pode acessar pelo meu smartphone. Te ajudo a ir atrás desses marginais ”.

A resposta da vítima foi desalentadora:

“ Infelizmente, não instalei rastreador, mas gostaria de usar seu celular para comunicar o roubo para a polícia ”.

Ao invés de ceder o aparelho, o motoqueiro deu um tranco na vítima que o jogou ao chão. Em seguida, com voz ameaçadora, disse que só não o matava porque não tinha rastreador na moto.

Em seguida logrou fuga.

Restou claro para a vítima que aquele homem que usava capacete era comparsa dos demais que o assaltaram.

Confesso ao amigo leitor que não sei se a presente informação é verídica ou se trata apenas de mais uma brincadeira de mal gosto lançada pela internet. Mas não importa, vale a pena ficar atento e tomar muita cautela com a aproximação de pessoas desconhecidas desejando prestar algum tipo de auxílio em situações de perigo.

Conversar com gente estranha é sempre um risco.

Nessas horas, falar o menos possível é a melhor estratégia.

JORGE LORDELLO


Dê sua opinião