Você receberia dinheiro manchado?

Pouco divulgado, portanto desconhecido do grande público, há algum tempo diversos caixas 24h são dotados de dispositivo eletrônico de segurança que mancha de cor rosa as notas contidas em seu interior em caso de tentativa de furto mediante uso de explosivos. Apesar dessa medida, que...

265

Pouco divulgado, portanto desconhecido do grande público, há algum tempo diversos caixas 24h são dotados de dispositivo eletrônico de segurança que mancha de cor rosa as notas contidas em seu interior em caso de tentativa de furto mediante uso de explosivos. Apesar dessa medida, que visa inutilizar o dinheiro, criminosos estão repassando no comércio cédulas manchadas, que conseguiram explodindo agências eletrônicas. Recentemente, o Banco Central emitiu comunicado para que “a população e o comércio recuse recebimento de notas de real marcadas. Se, porventura, alguém, inadvertidamente, receber cédula com essa característica, deverá entregá-la, mediante recibo, em qualquer agência bancária, para que seja retirada de circulação e encaminhada ao Banco Central para exame de autenticidade e posterior destruição. Caso seja considerada legítima, a pessoa que apresentou será ressarcida. Se alguém for detido tentando repassar cédula nessas condições e não ficar caracterizada boa fé, poderá ser preso em flagrante. Portanto, amigo leitor, preste bastante atenção ao receber dinheiro no dia a dia. Recuse recebimento de notas manchadas, rasgadas, chamuscadas ou até parcialmente destruidas, pois, provavelmente, são oriundas da ato ilícito. O Exército divulgou nota informando que em 2010 mais de 1 tonelada de explosivos foram subtraidos de pedreiras. O diretor do Departamento de Identificação e Registros Diversos da Polícia Civil, responsável pela Divisão de Produtos Controlados, delegado Dr. Aldo Galiano Júnior, comentou que em 99% das explosões são usados explosivos de pedreira (em gel). Vale considerar, que parte dos explosivos usados por quadrilhas especializadas em caixas eletrônicos, pode, ainda, ser fruto de contrabando através de nossas fronteiras.


Dê sua opinião