A ARMADILHA DO MEDO ME PEGOU! COMO VENÇO ESSA DIFICULDADE?

Uma pessoa com uma mente cheia de medos jamais terá espaço para sonhos, ou seja, passa a viver uma vida estacionada, com freio de mão puxado. O medroso tem receio de enfrentar o novo; não consegue colocar um pezinho fora da chamada zona de conforto. Seus...

806

Uma pessoa com uma mente cheia de medos jamais terá espaço para sonhos, ou seja, passa a viver uma vida estacionada, com freio de mão puxado.

O medroso tem receio de enfrentar o novo; não consegue colocar um pezinho fora da chamada zona de conforto.

Seus pensamentos determinam suas ações, que determinam seus resultados. Mude seus pensamentos e mudará seus resultados. Parece simples, e é mesmo!

Mas, talvez, você que está lendo este artigo gostaria de fazer a seguinte colocação:

“ Minha vida está paralisada, estacionada; na verdade, tenho a impressão que deve estar andando para trás ”.

A pergunta chave é:

Aonde conseguir forças para avançar e mudar esse quadro caótico em que me encontro?

Quer um conselho valioso?

O segredo é dar o primeiro passo pra frente, mesmo com medo. Se enfrentar o medo inicial, pode ter certeza que com o passar do tempo ele se enfraquecerá e desaparecerá, até vir o próximo medo a ser enfrentado.

Para tornar esta dica mais prática, com mais potencialidade de ajudá-lo a vencer seus medos reais e imaginários, pegue agora, neste exato momento, uma folha de papel em branco e uma caneta.

Escreva, inicialmente, um sonho ou objetivo para cada item abaixo relacionado:

1) Relacionamento (afetivo e/ou sexual);

2) Trabalho;

3) Dinheiro;

4) Saúde (física e/ou emocional);

5) Espiritualidade.

Agora que já tem um mapa para onde deseja ir, pegue um bloquinho de papel e registre uma pequena ação que irá realizar amanhã; uma para cada um dos 5 itens acima. Após realizar essa tarefa, comprometa-se em ler seu guia de metas antes de dormir. Ao acordar, leia novamente os objetivos para as horas seguintes e em seguida faça uma breve oração.

Essa estratégia diária deve ser realizada seguidamente por pelo menos 90 dias.

Se você colocar em prática esse exercício que impulsiona a realização de tarefas diárias programadas, perceberá que com o passar dos dias seus medos serão aos poucos dissolvidos, até desaparecerem. Com isso, você estará muitos metros distante da sua linha de conforto.

JORGE LORDELLO


Dê sua opinião